Nosso Bispo Diocesano Dom Carlos Alberto estará viajando no dia 13 de maio, para a Cidade do Vaticano, cidade-estado cercada por Roma, na Itália e sede da Igreja Católica Apostólica Romana, para a “Visita ad limina”, ou mais exatamente a “Visita ad limina apostolorum” que é uma obrigação dos bispos diocesanos e outros prelados da igreja, de a cada cinco anos se encontrarem com o Papa em Roma, visitando os túmulos dos apóstolos São Pedro e São Paulo principais líderes no surgimento da Igreja Cristã.

“Estarão juntos também os Bispos do Regional Nordeste 3 Bahia e Sergipe – CNBB que visitarão durante uma semana vários Dicastérios (departamentos do governo da Igreja Católica Apostólica Romana que compõem a Cúria Romana) onde visitaremos três por dia, para sermos orientados pela situação em que nós vivemos em nosso mundo e em nosso Brasil, sobretudo nosso Regional Nordeste 3.’’ – afirma Dom Carlos Alberto.

Os Bispos terão uma extensa agenda durante os dias:

  • 15 – Canonização de 10 beatos na Basílica de São Pedro;
  • 16 –  Reunião com a ACN Internacional (Fundação Pontifícia com sede no Vaticano e que tem por missão dar  assistência à Igreja onde ela é mais carente ou perseguida);
  • 17 e 18 – Visita a Assis e Cássia (lugares onde viveu Santa Rita de Cássia e São Francisco de Assis);
  • 19 – Chegada a Domus Romana Sacerdotalis;
  • 20 –  Visita ao colégio Pio brasileiro, onde os estudantes do Brasil fazem mestrado ou mesmo doutorado;
  • 21 e 22 – Reunião de todos os bispos do Regional Nordeste 3 – CNBB;
  • 23 – Início da “Visita ad limina” com visita a três Dicastérios;
  • 24 – Visita a três Dicastérios;
  • 25 – Visita a três Dicastérios;
  • 26 – Santa Missa na Basílica de São Pedro;
  • 27 –  Audiência com o Papa Francisco, encerrando-se à “Visita ad limina” com a Santa Missa na Basílica de São Pedro.
  • 28 – Retorno ao Brasil.

A “Visita ad limina” é o momento onde cada Bispo presta conta da sua diocese e na oportunidade o Papa dará uma palavra de estímulo, para que os sacerdotes sigam firmes em sua missão.

“De orientação e de colaboração, no sentido de desta comunhão que nós devemos ter e ser esta igreja católica apostólica romana única no mundo inteiro, sobretudo nosso regional. Queremos, portanto, nos solidarizarmos com todos, pelas orações. Que Deus nos abençoe, nos guarde e nos dê forças para realmente sermos esta comunhão com o nosso querido e amado Papa Francisco.” – afirma Dom Carlos.

Então oremos por nosso Bispo, os Bispos do Regional Nordeste 3 Bahia e Sergipe para que façam uma boa viagem e nos tragam boas novas e pelo nosso santo padre o Papa Francisco.

Deixe uma resposta