A Diocese de Itabuna promoveu uma Caminhada pela vida neste sábado, 7 de outubro, em Itabuna (BA).  A ação foi organizada pela Pastoral Familiar e teve como objetivo alertar a população contra a lei (ADPF 442) que propõe a liberação do aborto até a décima semana de gestação.
A concentração foi o Jardim do Ó, no centro da cidade, às 9h, com a presença de várias pastorais, de movimentos e diversos religiosos.
Os participantes percorreram toda avenida do Cinquentenário até o Santuário de Santo Antônio, com cartazes, bolas brancas, muitos vestidos de branco, e outros, com a camisa do seu movimento ou da sua pastoral. A animação ficou por conta dos membros da Comunidade Santa Cecília de Itabuna, com auxílio de um carro de som.
Depois de uma hora de caminhada, os padres e diáconos presentes, deram a bênção aos participantes.
Na oportunidade, um dos Coordenadores da Pastoral Familiar, Klyngher Neres, agradeceu a participação da população e ressaltou a importância da manifestação: “Quero agradecer a todas as pessoas que aqui estão, ao SETRAN, que segurou o trânsito pra gente, em pleno sábado de muito movimento na nossa cidade, e à Polícia Militar que também nos deu esse apoio. Muito obrigado a todos. Quero lembrar que a amanhã, dia 8, é o Nascituro, e em nossas paróquias vamos celebrar, vamos fazer uma oração por esse dia, para que Deus abençoe a todos nós, e que essa lei seja extinta. Imploremos a bênção de Deus para que esta iniciativa renda frutos de salvação”.
Vale lembrar que as dioceses, paróquias e comunidades de todo o Brasil, estão concentradas na celebração da Semana Nacional da Vida, que começou no dia 1 e termina amanhã, dia 8, que é o Dia do Nascituro.
Este ano, o tema é “Adoção: Amor com Laços do Coração.” A iniciativa, proposta pela CNBB, visa conscientizar sobre a importância da adoção na vida e na missão da Igreja.
Em um contexto em que se discute a descriminalização do aborto no Brasil (ADPF 442), a Semana Nacional da Vida destaca a adoção como uma resposta valiosa, protegendo crianças e promovendo o valor da vida desde a concepção.
Fonte: Valdeni Pascom/Portal Católico

Deixe uma resposta