O mês de maio, para muitos católicos, e principalmente para mim, traz na memória tantas lindas recordações, e todas ligadas a Maria, a Mãe de Jesus. A piedade Popular é inesgotável em expressões de amor e carinho para com Mãe de Deus.

Qual foi a origem desta devoção?

A meu ver, ela existe desde sempre. Desde que Deus, por meio do Anjo Gabriel, revelou a sua predileção por Maria, escolhendo-a para a Mãe do Filho de Deus – Jesus Cristo, o nosso Salvador.

Foi o evangelista São Lucas que nos transmitiu em detalhes, no seu Evangelho estes “segredos de Deus”, e a fonte da qual ele hauriu. Foi a própria Maria. E interessantíssimo detalhe com que o Lucas termina o relato da infância e adolescência de Jesus, após os seus pais voltarem da romaria a Jerusalém para Nazaré: “Sua mãe, porém, conservava a lembrança de todos estes fatos em seu coração” (Lc 2,51). Conservava no seu coração para – digo eu – os revelar ao Evangelista Lucas (continua).

Com a benção e oração, desejo um repousante dia sob o manto protetor de Maria.

Dom Ceslau Stanula

Bispo Emérito da Diocese de Itabuna

 

Deixe uma resposta