Na comunidade Jacarandá no município de Santa Luzia no Sul da Bahia, no dia 08 de outubro foi realizada a 2ª Romaria da Terra e das Águas. Cerca de 259 Pessoas vindas de outras comunidades próximas da zona rural e das cidades circunvizinhas,  chegando a pé , de canoa, carros e motos. Foi realizado um ato de denúncias dos impactos sobre a bacia do Rio Pardo como monocultivos de eucalipto, café, mineração, agropecuária intensiva, etc., projetos estes que muito utilizam agrotóxicos. Tudo isso vem assoreando o Rio e envenenando as suas águas. Tambem neste encontro conclamamos que cada pessoa assuma a responsabilidade individual e coletiva de cuidar das nascentes e cobrar do poder público a implantação de esgotamentos sanitários e fiscalização para ser implantada as matas ciliares nos rios que fazem parte da bacia. E na celebração da missa houve reflexões sobre o cuidado com as águas, havendo ao final o plantio de algumas mudas na mata ciliar.

 

 

Deixe uma resposta